Le createur Jean Paul Gaultier

O CRIADOR

JEAN PAUL GAULTIER

Criador de moda e confusão desde 1976, Jean Paul Gaultier inventa um mundo onde todo mundo é convidado! Seu destino, totalmente fora da norma, é o de uma criança de subúrbio que, sem frequentar uma escola de moda, tornou-se um dos mais importantes estilistas do mundo. Graças à sua ousadia, seu talento, sua irreverência e, é claro, seu humor!

A BELEZA DA DIFERENça

“Adoro a mistura das roupas, das pessoas, das classes sociais, dos gêneros: e também rir disso.” Muito antes que essas palavras sejam utilizadas, Jean Paul Gaultier pratica a inclusão, a diversidade e a mistura de gêneros, que são as bases positivas do seu universo. Para ele, todas as cores de pele, todas as formas, todas as identidades são celebradas! E, com Jean Paul, essa visão de mundo é mais do que política, ela é natural, festiva. Dizem que ele é provocador, mas ele deseja apenas mostrar o mundo como ele é: diversificado. 

UM POUCU, MUITO, DEMAIS... TERRIVELMENTE! 

Agitador eterno, Jean Paul Gaultier tem um prazer particular em misturar tudo, em sacudir tudo! Para ele, o espartilho sexy não se esconde sob as roupas: ele é a roupa. Como uma reivindicação poderosa da superfeminilidade. A saia também rompe com os códigos e toma orgulhosamente seu lugar no guarda-roupa masculino. Jean Paul Gaultier desvia tudo e todos! Ele coloca sua equipe para desfilar, seus amigos, mas também seus vizinhos, redatoras de moda e pessoas que ele seleciona aleatoriamente na rua. “Minha excentricidade tornou-se minha direção.” E, com a mesma liberdade, ele olha para os objetos, que ele se diverte a mudar o destino. É assim que Jean Paul Gaultier transforma uma simples lata de conserva em uma embalagem preciosa, agora mítica, para seus perfumes. 

PERFUMES CULTS 

Em 1993, Jean Paul Gaultier se lançou em um novo desafio e criou seu primeiro perfume, Classique. O sucesso é imediato: em todos os lugares, ninguém resiste a esse surpreendente objeto de desejo. Primeiramente por sua essência — uma mistura viciante de baunilha, flor de laranjeira e gengibre — e, é claro, por seu mítico frasco com curvas sensuais. Seu alter ego masculino, Le Male, tem o mesmo destino e se torna, também, um dos perfumes mais vendidos no mundo. Com suas notas frescas e sexy de lavanda e menta, Le Male é assumidamente provocador, pronto para seduzir todos que passam por ele! Essa obsessão pelos acordes sensuais se torna a assinatura da Maison, que continua criando perfumes com charme instantâneo. Desde Scandal, que leva muito bem seu nome com suas notas cativantes de mel, até a nova dupla enfeitiçante La Belle e Le Beau, que fazem durar os prazeres do verão com notas de pera para ela e coco para ele, a Maison hoje em dia propõe diversas criações deliciosamente viciantes.

haute couture

Em 1996, depois de 20 anos de prêt-à-porter, Jean Paul Gaultier fez sua entrada triunfal na Haute Couture.  O enfant terrible se torna Couturier terrible! Ele reinventa a Haute Couture colocando o excepcional savoir-faire francês à disposição de sua obsessão pela mistura de gêneros, culturas e materiais. A palavra de ordem de Jean Paul Gaultier é simples e ambiciosa: nada é impossível! Assim, os ateliês fazem milagres para dar vida às ideias sem limites do estilista: algumas peças exigem centenas de horas de trabalho e técnicas artesanais raras para confeccioná-las. Desde 2021, a cada estação a Maison convida um(a) novo(a) artista para expressar sua visão do universo Jean Paul Gaultier. 

ícone pop 

Naturalmente, Jean Paul Gaultier veste os mais importantes nomes da cultura pop. Ele fez até mesmo várias turnês mundiais! Não como cantor, mas com suas criações, já que ele desenha os figurinos de palco de estrelas lendárias, como Madonna, Mylène Farmer e Kylie Minogue. No cinema, Jean Paul marcou os espíritos com seus figurinos loucos para os filmes de Pedro Almodóvar, Luc Besson e Jean-Pierre Jeunet, e foi indicado duas vezes aos César. E quando Marion Cotillard recebeu seu Oscar, foi com um vestido sereia de Jean Paul Gaultier! Atualmente, uma nova geração de ícones se une, por sua vez, à grande família JPG: Dua Lipa, Christine and the Queens, Lil Nas X, Kim Kardashian, Rosalía: damos as boas-vindas à House of Gaultier!