#JPGEXPO

“O PLANETA MODA DE JEAN PAUL GAULTIER. DA RUA ÀS ESTRELAS”

A exposição “O Planeta Moda de Jean Paul Gaultier. Da rua às estrelas” é a primeira consagrada ao famoso estilista francês.

Concebida e produzida pelo Museu de Belas Artes de Montreal, essa exposição é um verdadeiro mergulho no universo criativo do estilista, realizada em colaboração com a Maison fundadora.

JPGAULTIER-080811-4695-RAINER-TORRADO

Reúne mais de 175 conjuntos de Alta Costura, prêt-à-porter e acessórios criados entre 1976 e 2016, apresentados em uma cenografia inovadora dirigida pela agência Projectiles e por Sandra Gagné do MBAM, com a colaboração audaciosa da companhia teatral de vanguarda UBU sob a direção de Denis Marleau e Stéphanie Jasmin, criadores de uma animação audiovisual das faces de aproximadamente trinta manequins da Jolicœur International.

As projeções de vídeos que “falam” levam os visitantes a mergulharem em uma dimensão multimídia fora do comum.

A famosa artista Odile Gilbert compôs o cabelo de cada manequim com suas criações únicas: penteados, perucas ou outras peças de cabelo espetaculares realizadas exclusivamente para as criações de Jean Paul Gaultier

JPGAULTIER-080811-4626-RAINER-TORRADO

Montage 1

Outras criações, documentos, vídeos e fotografias de arquivos são expostos pela primeira vez, oriundos, em sua maioria, de suas numerosas colaborações artísticas.

Essas colaborações estendem-se a campos diversos e apreciados pelo estilista, tais como: o cinema (Pedro Almodovar, Luc Besson, Jean-Pierre Jeunet, etc.), a fotografia de moda (Peter Lindbergh, David LaChapelle, Richard Avedon, Mario Testino, Pierre & Gilles, etc.), a música (criação de figurinos para as turnês mundiais de Kylie Minogue, Madonna, Mylène Farmer, etc.),a dança (Angelin Prejlocaj, Régine Chopinot, Maurice Béjart, etc.) e a cultura pop como um todo (programas de TV, videoclipes, etc.).

Montage 2
Mais que uma retrospectiva, essa exposição é em si mesma uma verdadeira criação, que retraça o universo inusitado de Jean Paul Gaultier através de um percurso temático, e não cronológico, em torno de suas maiores obsessões: A odisseia, o Boudoir, À flor da pele, Punk cancan, Selva urbana, Metropolis, etc.

PUNK CANCAN_JPG NGV MELBOURNE
Até a presente data, a exposição recebeu mais de 2 milhões de visitantes e realizou 12 etapas pelo mundo.

Inaugurada em Montreal em 2011, foi em seguida para Dallas, São Francisco, Madri, Rotterdam, Estocolmo, Nova York, Londres, Melbourne e em 2015 para o Grand Palais em Paris, continuando em Munique e aterrissando, por fim, em Seul na Coreia do Sul.

Montage 4
“Mais do que qualquer outro estilista, queria realizar uma exposição sobre Jean Paul Gaultier por seu humanismo. Além do virtuosismo técnico resultante do savoir-faire excepcional dos diferentes ofícios da Alta Costura, de uma imaginação desenfreada e de colaborações artísticas históricas, ele oferece uma visão aberta da sociedade, um mundo de loucura, sensibilidade, humor e impertinência, onde cada um pode se afirmar como é, um mundo sem discriminação, uma “fusão de alta costura” única. Há, em Jean Paul Gaultier, uma verdadeira generosidade e uma mensagem social bem forte, revestida de humor e leveza. É uma estética humanista que me toca bastante. ” Nathalie Bondil (fonte: Comunicado de imprensa do Museu de Belas Artes de Montreal “O Planeta Moda de Jean Paul Gaultier. Da rua às estrelas”, abril 2011).

“Com seu encerramento em Seul em junho de 2016, a exposição “O Planeta Moda de Jean Paul Gaultier” terá completado seu ciclo exatamente cinco anos após sua inauguração no MBAM. Quem imaginaria um destino tão extraordinário para nossa exposição? Durante cinco anos, o MBAM transportou, instalou e desmontou as 14 toneladas de material desta complexa exposição 12 vezes ao redor do mundo e obteve o reconhecimento unânime da imprensa. Um sucesso inédito no âmbito das exposições de moda! Obrigada às equipes, obrigada a Jean Paul! ” resume Nathalie Bondil, diretora e curadora-chefe do MBAM, que iniciou, produziu e organizou a turnê da exposição.

jpg_ngv_brookeholm_LR-3
“Graças às fontes de inspiração inesgotáveis de Jean Paul Gaultier, a exposição pôde ser adaptada e repensada para os diferentes espaços dos museus nos quatro continentes, evocando ao longo de suas 12 etapas a generosidade e a abertura de espírito do criador que, há quase 40 anos, celebra em seu trabalho a beleza das diferenças, sejam elas culturais, estéticas ou sociais”, afirma Thierry-Maxime Loriot, curador da exposição.

A exposição também levou à publicação de uma obra homônima produzida pelo serviço de edições científicas do MBAM Montreal em colaboração com a editora Les Editions de la Martinière em 2011. O catálogo de 424 páginas ganhou diversos prêmios, entre eles o Grande Prêmio do livro de moda, conferido pelos estudantes de mestrado em moda e criação da Universidade de Moda de Lyon. Disponibilizado em três idiomas (inglês, francês e espanhol).

Um segundo livro, publicado pelas Edições do Museu de Belas Artes de Montreal, foi editado em francês em colaboração com La Réunion des Musées Nationaux e uma versão em inglês acompanhará a exposição em Seul. Este verdadeiro portfólio de arte reúne 80% de novas imagens, muitas vezes inéditas, graças à presença dos maiores nomes da fotografia (Richard Avedon, Irving Penn, Peter Lindbergh, Paolo Roversi, Mario Testino, David LaChapelle, Helmut Newton), assim como de numerosos artistas (Roe Etheridge, Pierre & Gilles, Nan Goldin, Andy Warhol, Liu Bolin, Jean-Paul Goude, Annie Kevans, Izima Kaoru). A obra encontra-se disponível em três idiomas (inglês, francês e alemão). (288 páginas, 220 ilustrações, sob direção de Thierry-Maxime Loriot.)

No total, seis obras foram produzidas em torno desta turnê recorde.

Créditos:
A exposição foi iniciada, concebida e colocada em turnê pelo Museu de Belas Artes de Montreal em colaboração com a Maison Jean Paul Gaultier.
Museu de Belas Artes de Montreal
Sob a direção de Nathalie Bondil, diretora e curadora-chefe
Thierry-Maxime Loriot, curador da exposição
Colaborações
Animação das manequins
Denis Marleau e Stéphanie Jasmin, Teatro Ubu
Perucas
Odile Gilbert – Atelier(68)
Manequins
Jolicoeur International
Photos
© Rainer Torrado
© Stanislas Alleaume
© Brooke Holm (courtesy of National Gallery of Victoria, Melbourne)
© Robert Haas (courtesy of Kunsthalle Munich)
Cenografia
Cenografia original: Agência Projectile
Sandra Gagné, Museu de Belas Artes de Montreal
Gerenciamento de obras: Atelier Jodar Architecture
Transportadora oficial
Air Canada
“O Planeta Moda de Jean Paul Gaultier. Da rua às estrelas” / Datas da turnê:
1. MONTREAL “MUSEU DE BELAS ARTES DE MONTREAL”
DE 17 DE JUNHO DE 2011 A 02 DE OUTUBRO DE 2011
2. DALLAS “THE DALLAS MUSEUM OF ART”
DE 13 DE NOVEMBRO DE 2011 A 12 DE FEVEREIRO DE 2012
3. SÃO FRANCISCO “THE DE YOUNG MUSEUM”
DE 24 DE MARÇO DE 2012 A 19 DE AGOSTO DE 2012
4. MADRI “FUNDAÇÃO MAPFRE”
DE 06 DE OUTUBRO DE 2012 A 06 DE JANEIRO DE 2013
5. ROTERDÃ “THE KUNSTHAL”
DE 09 DE FEVEREIRO DE 2013 A 12 DE MAIO DE 2013
6. ESTOCOLMO “THE ARKITEKTUR-OCH DESIGNCENTRUM”
DE 17 DE JUNHO DE 2013 A 22 DE SETEMBRO DE 2013
7. NOVA YORK “THE BROOKLYN MUSEUM”
DE 25 DE OUTUBRO DE 2013 A 23 DE FEVEREIRO DE 2014
8. LONDRES “THE BARBICAN CENTER”
DE 09 DE ABRIL DE 2014 A 17 DE AGOSTO DE 2014
9. MELBOURNE “THE NATIONAL GALLERY OF VICTORIA”
DE 17 DE OUTUBRO DE 2014 A 08 DE FEVEREIRO DE 2015
10. PARIS “LE GRAND PALAIS”
DE 1 DE ABRIL DE 2015 A 03 DE AGOSTO DE 2015
11. MUNIQUE “KUNSTHALLE MUNICH”
DE 18 DE SETEMBRO DE 2015 A 14 DE FEVEREIRO DE 2016
12. SEUL “DONGDAEMUN DESIGN PLAZA”
DE 26 DE MARÇO DE 2016 A 30 DE JUNHO DE 2016.